Ligue para a Prefeitura (22) 2624-3275
ouvidoria@iguaba.rj.gov.br
Ligue para a Prefeitura (22) 2624-3275
ouvidoria@iguaba.rj.gov.br

Guarda Ambiental de Iguaba resgata cobras venenosas em condomínio

Jararacuçu e jararaca possuem veneno que pode ser fatal

Dois filhotes de cobra foram resgatados, na manhã desta sexta-feira, no Condomínio dos Ubás, em Iguaba Grande. As duas espécies, jararacuçu e jararaca (também chamada de jararaca dorminhoca por “fingir” que está dormindo antes de dar o bote), possuem veneno necrosante, que pode ser mortal. O resgate foi feito pelos GM Francisco Faria e GM Ronaldo Rosa, do Grupamento Ambiental de Iguaba Grande. Embora filhotes, elas podem chegar a 2,5 metros quando adultas.

De acordo com os guardas, o condomínio, localizado no bairro dos Ubás, foi construído no entorno de uma área de preservação ambiental que é o habitat natural não apenas dessas espécies de cobras, mas de outros animais. “O importante é que as pessoas nunca tentem capturar a cobra por conta própria porque isso podem causar um grave acidente. Sempre que verificarem a presença de cobras e outros animais peçonhentos, acionem a Guarda Ambiental de Iguaba para que possamos ajudar, fazendo o resgate da forma correta e segura para todos”. O contato pode ser feito pelo telefone (22) 98153-2200. As duas cobras foram levadas e soltas na Serra de Sapeatiba.

A jararacuçú é considerada a segunda maior serpente peçonhenta do Brasil, ficando somente atrás das surucucus. Já a jararaca, segundo o Instituto Butantã, é a campeã dos acidentes com cobras no Brasil, sendo responsável por 87% dos casos.

Destaques