ouvidoria@iguaba.rj.gov.br

Whatsapp (22) 99282-5930

Roda de conversa e troca de experiências marcam Pré-Fórum de Cultura de Iguaba Grande

O evento, que teve o artesanato como foco, buscou orientar aos artesãos sobre a importância da identidade local, juntamente, ao segmento e entregou novas carteirinhas

 

O auditório da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte (SEMECE) foi palco do “Pré-Fórum de Cultura – Eixo 1 – Artesanato” que contou com roda de conversa e troca de experiências entre artesãos locais, na última quinta-feira (14). O Subsecretário de Cultura, João Gabriel Cortez Soares, procurou orientar os artesãos sobre questões como acabamento das peças e apresentação final dos produtos, além de entregar carteirinhas aos novos integrantes do segmento. Mais de 80 artistas são cadastrados na subsecretaria de Cultura em Iguaba Grande.

Cláudia Márcia Viana, que é artesã há 50 anos, conta que o interesse pela arte surgiu por intermédio da avó, que sempre trabalhou com bordado. Atualmente, Cláudia trabalha com tricô e expõe em lojas pela cidade. Para ela, encontros como o de Pré-Fórum são primordiais para a união entre os artesãos. “ A gente interage uns com os outros, se conhece e troca experiências. E isso é sempre muito importante”, fala a artesã.

Lissandra Leandro é responsável pela Boutique do Artesanato, espaço oferecido pelo município para que os artistas possam expor e vender seus produtos, localizado na Praça José Gomes Filho, no bairro Estação. Ao todo, 17 artesãos mantém o local funcionando em regime de escala e 100% da renda arrecadada é destinada aos artistas. “Na Boutique do Artesão as pessoas podem encontrar produtos como pintura e talha em madeira, crochê, tricô, fuxico, bijuteria e vários outros tipos de artesanato. Quem procura um presente original, encontra lá”, conta Lissandra que é artesã desde os 9 anos e  já trabalhou com vários tipos de artesanatos. Hoje, o foco dela é tecido e feltro.

Para o Subsecretário de Cultura, João Gabriel, é muito importante reuniões como o Pré-Fórum, para manter os segmentos unidos e ativos. João conta que, além da Boutique do Artesanato, os artistas ,também, podem expor seus produtos de forma gratuita no Armazém da Terra, que fica no quintal da Casa da Cultura, no Centro de Iguaba. Durante o encontro, o Subsecretário falou sobre a importância de incentivar a criação de produtos que busquem levar a identidade de Iguaba para além dos limites do município. “Nós estamos buscando levar essa identidade do município, através dos símbolos, para as peças. Fazemos parte de uma região turística, e quem vem para cá quer levar um pedacinho de Iguaba”, explica João Gabriel.

 

Texto e Foto: Alice Sousa

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Inscreva-se e receba conteúdos via E-mail

© 2019 Assessoria de Comunicação - ASCOM. Todos os direitos reservados.

Skip to content