ouvidoria@iguaba.rj.gov.br

Whatsapp (22) 99282-5930

Iguaba Grande inicia campanha de vacinação contra o sarampo

Neste primeiro momento serão imunizadas apenas crianças e adolescentes com idade até 15 anos que não tomaram nenhuma dose

A Secretaria de Saúde de Iguaba Grande está convocando crianças e adolescentes com idade até 15 anos, e que ainda não tenham recebido nenhuma dose da vacina contra sarampo, para a Campanha Nacional de Imunização que foi oficialmente aberta nesta segunda-feira (5). Para isso, oito Unidades Básicas de Saúde (UBS) estão funcionando de segunda a sexta, das 8h às 17h, até o dia 30 deste mês: UBS Centro, UBS Cidade Nova 1, UBS Cidade Nova 2, UBS Pedreira, UBS Vila Nova, UBS Boa Vista, UBS Sapeatiba Mirim e UBS Iguaba Pequena. E importante apresentar a Caderneta de Vacinação.

De acordo com a Coordenadora de Imunização da cidade, Graça Valente, a ideia é atualizar a caderneta de vacinação para aquelas crianças e adolescentes que não foram imunizadas. ‘’Caso os responsáveis tenham perdido a caderneta de vacina ou não tenham certeza se a criança já foi ou não imunizada, eles poderão procurar a UBS mais próxima de sua residência e solicitar a imunização já que a dose extra não prejudica a saúde do indivíduo”, esclareceu Graça.

O sarampo é uma doença transmitida através do contato com gotículas respiratórias contaminadas. A propagação do sarampo ocorre por meio da fala, espirro, tosse ou respiração próximo de pessoas portadoras da doença. Mas o contágio pode ser evitado com a imunização, que ocorre por meio da vacina.

De acordo com a Associação Nacional de Medicina do Trabalho (ANAMT) houve queda significativa nas taxas de vacinação no Brasil, um cenário preocupante que se iniciou em 2017, quando a tríplice viral, que protege contra o sarampo, caxumba e rubéola, teve uma cobertura abaixo da meta de 95%. Ainda de acordo com a ANAMT, praticamente todas as vacinas indicadas para os dois primeiros anos de idade das crianças não atingiram a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde, entre setembro e novembro do último ano: 5.660 casos de sarampo foram confirmados e 19 estados ainda estão em transmissão ativa do vírus. A maioria dos casos (90,5%) estão concentrados em 176 municípios (27%) do estado de São Paulo, principalmente na região metropolitana.

Iguaba Grande segue na contramão dos dados nacionais e, segundo Graça, o município alcançou no ano passado (2019) uma cobertura de 107% de cobertura vacinal, entretanto, os casos da doença continuam avançando, principalmente entre jovens de 20 anos. “Por isso é importante que os jovens que ainda não tenham sido vacinados procurem qualquer uma das nossas UBS até o dia 30 deste mês, de segunda a sexta, das 8h às 17h”, alertou.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Inscreva-se e receba conteúdos via E-mail

© 2019 Assessoria de Comunicação - ASCOM. Todos os direitos reservados.

Skip to content