ouvidoria@iguaba.rj.gov.br

Whatsapp (22) 99282-5930

Cobranças à empresa Enel acontecem desde 2017

Prefeita Grasiella Magalhães destaca a importância de unir os municípios para buscar uma solução

 

A Cobrança à Enel, em virtude dos serviços prestados à população, ocorre há algum tempo, quando, em 2017, os Prefeitos da Região se uniram em uma Audiência Pública, para pressionar a empresa. Em 2018, a Prefeita Grasiella Magalhães recebeu em seu gabinete a equipe da Enel, para esclarecer sobre o fornecimento de energia durante a alta temporada, e ontem, dia 14, quando a Prefeita entrou em contato, diretamente, com a direção da empresa para cobrar respostas.

 

Alguns Prefeitos da Região dos Lagos participaram de uma reunião no dia 09 de outubro de 2017, para debaterem sobre a prestação de serviços da Enel, onde ficou decidido que iriam pressionar a empresa durante uma Audiência Pública, que foi realizada no dia 11 de outubro de 2017, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj). Após a audiência, a Enel se comprometeu em aumentar o tempo do Plano Verão e alegou estar fazendo investimentos na Região dos Lagos que ultrapassam 86 Milhões de rais; além de trocar o maquinário por equipamentos mais modernos.

 

Em Outubro do ano passado, quando a Prefeita Grasiella Magalhães recebeu em seu gabinete a equipe da Enel para ter esclarecimentos do Plano de Verão que seria aplicado na Região durante este ano; os representantes da Enel informaram que quatro motociclistas atuariam, para facilitar o atendimento à população, além do aumento das equipes de atendimento, com dez grupos a mais do que era trabalhado no período normal do ano. Foi realizado, também, um plano de investimento, e um mapeamento dos locais que têm mais infrações, como ação preventiva.

 

Após a oscilação de energia ocorrida ontem, dia 14, a Prefeita entrou novamente em contato com a direção da Enel para obter respostas, e foi informada que um desarme em linha de alta tensão provocou interrupção no fornecimento de energia e oscilação na rede que atende aos clientes de alguns municípios e que Técnicos da companhia restabeleceram a energia para os clientes afetados e estão trabalhando para identificar as causas da falha.

 

A Prefeita Grasiella Magalhães sente pelas pessoas, que podem perder seus aparelhos, com as oscilações de energia: “Na noite desta quinta-feira me senti impotente. Como se não bastasse a dificuldade gigante que a maioria da população tem para adquirir um eletrodoméstico e quando, às vezes, ainda pagando a prestação dos mesmos, com risco iminente de perdê-los”, publicou em sua página do Facebook, na madrugada de hoje. De acordo com a Prefeita, para tentar resolver o problema, é necessário, que os municípios se unam: “Precisamos unir forças com os demais municípios para, juntos, buscarmos uma solução”, afirmou a prefeita.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Inscreva-se e receba conteúdos via E-mail

© 2019 Assessoria de Comunicação - ASCOM. Todos os direitos reservados.

Skip to content