Ligue para a Prefeitura (22) 2624-3275

ouvidoria@iguaba.rj.gov.br
Ligue para a Prefeitura (22) 2624-3275
ouvidoria@iguaba.rj.gov.br

Iguaba Grande habilita primeira Família Acolhedora

Ainda há vagas para as famílias que se interessarem

 

Iguaba Grande certificou a primeira Família Acolhedora do município. O casal Edna e Orlando dos Santos iniciaram o processo no mês de abril e desde então, passaram por algumas fases de preparação e adaptação. Nessa semana, eles concluíram todas as etapas para serem habilitados a receber a primeira criança.

 

O casal mora em Iguaba e tem duas filhas, a Andressa de 16 anos e Vanessa de 20. O Orlando afirma que quer fazer pelo próximo, aquilo que ele teve a oportunidade de fazer por suas filhas. “É gratificante saber que cumprimos nossa missão como pais e educadores. Quando os filhos chegam à universidade, eles começam a andar com os próprios pés. Agora, esta criança,que está para chegar será o chamego da nossa família”, destacou Orlando.

O coordenador do Programa, Pablo Landes, afirma que, agora, a equipe irá acompanhar a criança, a família acolhedora e a família de origem e após o período necessário, será realizada uma avaliação para saber se a criança volta para a família, ou se será direcionada para adoção. “Para nós, da equipe técnica, é uma realização muito grande, pois vimos todo o trajeto trilhado até aqui, e esse momento é a coroação de uma etapa de trabalho”, afirmou o coordenador.

 

Existem algumas famílias cadastradas e que estão no processo, mas ainda há vagas que precisam ser preenchidas. O Secretário de Ação Social, Leônidas Heringer, afirma que para ser uma família acolhedora, é necessário ter amor acima de qualquer coisa. “Essa família demonstrou um gesto de muito amor pelo próximo e a gente observa que o trabalho feito pela equipe técnica foi de selecionar uma família, que tem um perfil ideal para acolher essas crianças. Eles são uma família, verdadeiramente, acolhedora”, concluiu.

 

Texto: Júlya Costa

Fotos: Daniel Júnior

Destaques