Prefeitura de Iguaba Grande avança na criação de moeda social

Duas ações que dão andamento na criação da Moeda Social de Iguaba Grande aconteceram nessa semana, após o feriado de Independência do Brasil. Nesta quinta-feira (9), uma equipe da Prefeitura foi até a sede do Banco E-dinheiro, em Niterói, para realizar um treinamento e conhecer mais sobre a utilização da plataforma e como ela pode ajudar no desenvolvimento do projeto em Iguaba Grande . Esse aplicativo é usado em Maricá na movimentação da moeda Mumbuca pelos cidadãos. 

“Ainda estamos no início da criação da nossa moeda e, com isso, estamos analisando as melhores formas de uso para Iguaba, de acordo com o funcionamento em outras cidades. A experiência desse treinamento foi importante para nos adaptarmos em um futuro bem próximo”. Disse a secretária de Assistência Social, Trabalho e Renda, Cláudia de Souza.

Já na última quarta-feira (8), o prefeito Vantoil Martins se reuniu com os secretários de Planejamento e Gestão de Projetos, Eronildes Bezerra e Assistência Social, Trabalho e Renda, Cláudia de Souza, para acompanhar o andamento da construção do Projeto de Lei da Criação da Moeda Social que será enviado a Câmara de Vereadores.

“Aqui em Iguaba temos, aproximadamente, 4.560 pessoas beneficiadas pelo Cadastro Único. A previsão é de que até o final do ano comecemos a fazer a distribuição desses cartões. Estamos analisando para ver quanto iremos conceder a cada beneficiário, nesse primeiro momento acreditamos que iremos atender cerca de 2000 pessoas.” Explicou o secretário de Planejamento e Gestão de Projetos, Eronildes Bezerra.

Prefeitura recebe membros do Programa Facilita RJ

O Prefeito de Iguaba Grande Vantoil Martins recebeu na manhã desta quinta-feira (09), uma equipe formada com representantes da Subsecretaria de Concessões e Parcerias do Governo do Estado, um consultor do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e representantes de uma empresa de Consultoria de Engenharia, para apresentação do futuro projeto de concessão da Rodovia Amaral Peixoto, RJ-106, que vai de Maricá até Macaé.

Nessa primeira reunião foi apresentado o programa de concessões “Facilita RJ”. O programa foi criado pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro para impulsionar a retomada do crescimento econômico e oferecer melhores serviços e infraestrutura para a população fluminense. A partir disso, a comitiva visitou Iguaba Grande e as demais cidades da região em busca de entender as demandas, para elaboração de um estudo de impacto previsto para ser apresentado em janeiro de 2022.

Para o prefeito Vantoil Martins, todas as melhorias para as estradas que cortam o município são vistas com esperança para o fomento do turismo.

“Todos os investimentos que visam aquecer os setores da economia, principalmente voltados para as estradas que atendem e melhoram a nossa região, são muito bem vindos. Falando especialmente de Iguaba Grande, que tem uma vocação natural para o turismo, nos enche de esperança, mas de igual forma preocupação, especialmente na qualidade dessas obras e eventuais praças de pedágios que podem ser instaladas caso seja, realmente, licitada a obra da RJ-106, Rodovia Amaral Peixoto.” Finalizou Vantoil.

Além da Rodovia Amaral Peixoto, RJ-106, outra rodovia que atravessa  a cidade é a RJ-124, que já recebe os serviços de concessão da CCR ViaLagos.