Dia: 10 de março de 2020

Saúde leva vacinação contra sarampo aos órgãos públicos

Servidores de vários setores da Prefeitura estão sendo imunizados na campanha itinerante

A Secretaria de Saúde de Iguaba Grande está promovendo uma campanha de vacinação itinerante imunizando servidores de todos os prédios públicos municipais. Hoje (10) a ação aconteceu na sede do governo municipal. O objetivo é manter em dia a cobertura vacinal da cidade. Para isso, a ação itinerante também está sendo levada a outros lugares como o I Encontro de Profissionais da Educação (realizado na última sexta-feira, dia 6, na Apierj), e em breve, também, na Academia de Saúde.

“Nossa intenção é levar a campanha para todos os prédios públicos municipais até o final desta semana, já que a previsão é encerrar a campanha no próximo dia 13”, explicou a Coordenadora da Imunização de Iguaba Grande, Maria das Graças Valente. Durante a vacinação, a equipe também aproveita para esclarecer dúvidas quanto à doença e seus sintomas.

A campanha contra o sarampo vem sendo realizada continuamente, desde meados do ano passado, mas foi reforçada nos últimos meses em virtude dos vários casos registrados no Estado do Rio de Janeiro: este ano já foram confirmados 196 com uma morte (um bebê de 8 meses). Somente neste fim de semana, durante o Dia D de Vacinação, equipes da Secretaria de Saúde aplicaram 486 doses da vacina nas Unidades Básicas de Saúde do Centro, Boa Vista, Cidade Nova II e Vila Nova: foram 9 em crianças de seis meses a 1 ano incompleto, 95 em pessoas com idade entre 1 e 29 anos, e 382 em pessoas entre 30 e 59 anos.

Além do Dia D e da campanha itinerante nos órgãos públicos municipais, equipes do Departamento de Atenção Básica também estão levando imunização para os eventos culturais, e durante a semana atendem a população em todas as UBSs da cidade, dentro do Calendário Nacional de Vacinação. “Caso a pessoa não saiba, ou não se lembre se já foi imunizada, recomendamos que ela vá até o posto de saúde mais próximo e, por via das dúvidas, tome a vacina para garantirmos a erradicação total da doença”, esclareceu a coordenadora de Imunização, Maria das Graças. Ainda sobre a vacina, ela alerta que não podem ser imunizados:

– gestantes (mulheres que pretendem engravidar devem aguardar pelo menos 30 dias após a vacinação)

– pessoas com alergia grave à ovo

– pessoas com quadro febril

Iguaba vai sediar Fórum Interdisciplinar sobre a Síndrome de Down

Evento vai discutir diagnóstico e outros aspectos

Representantes de vários municípios da Baixada Litorânea estarão em Iguaba Grande no próximo dia 20 para o I Fórum Interdisciplinar sobre Síndrome de Down. O evento acontecerá das 8 às 16h30m, no Cer-Flore’Ser, localizado na Rua Antônio Teixeira, nº 40, bairro Cidade Nova.

Com apoio da Prefeitura, o evento tem como objetivo compartilhar experiências multidisciplinares envolvendo profissionais de várias áreas, além de familiares, cuidadores e demais interessados. Na parte da manhã serão feitas mesas relacionadas à Saúde, como a importância da identificação precoce, por exemplo. Já na parte da tarde serão abordados temas referentes à Assistência Social, Educação e Cultura.

De acordo com o Cadastro Municipal da Pessoa com Deficiência – Síndrome de Down feito pelo Cer-Flore’Ser, Iguaba Grande possui cerca de 31 pessoas identificadas com a síndrome. “É um número bem expressivo, por isso precisamos estar alinhados às políticas públicas para esses pacientes”, disse a Coordenadora do Cer-Flore’Ser, Tecla Nunes, lembrando que o Fórum permitirá abertura de um importante canal de discussão sobre a Síndrome de Down. Confira toda a programação:

8h: Inscrições

8h30: Palestra sobre a detecção da Síndrome e Down no pré-natal

9h: Palestra sobre Síndrome de Down e Puericultura: abordagem inicial ao recém-nascido e sua família

9h30: Palestra sobre cardiopatia na Síndrome de Down

10h: Intervalo

10h30: Palestra sobre desafios do tratamento fora do domicílio no que se refere aos cuidados no pré e pós-operatório de pacientes com Síndrome de Down

11h: Abertura para perguntas

13h: Mesa com representantes do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CONDEF)

13h20: Mesa com APAE

13h40: Mesa com a psicóloga Carla Figueiredo, e a fonoaudióloga Flávia Macedo, sobre a importância da estimulação precoce para o desenvolvimento da criança com Síndrome de Down

14h30: Mesa com profissional do Núcleo de Apoio ao Estudante (NAE) falando sobre educação com abordagem sobre a importância da inclusão.

15h: Mesa com Allan Lobato sobre protagonismo e cultura

15h30: Apresentação de dança com Allan Lobato

Iguaba Grande participa de oitiva na CPI da Alerj contra a Prolagos

Município foi representado pelo Procurador Geral e pelo subsecretário de Governo

Pouco mais de duas semanas após solicitar participação na CPI da Alerj que apura a ocorrência de danos ambientais e o derramamento de resíduos químicos na Laguna de Araruama por parte da Prolagos, o governo de Iguaba Grande já se fez presente numa etapa importante do processo: a oitiva do presidente da concessionária, Sérgio Braga, realizada hoje (10) na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Na reunião, Iguaba Grande está sendo representada pelo Procurador Geral, Dr Peter Samerson, e pelo subsecretário de Governo, Luciano Silva, já que o prefeito Vantoil Martins está em Brasília tratando de convênios e emendas parlamentares.

“Nossa participação nessa oitiva só reforça o interesse do atual governo em buscar uma solução para a questão da poluição da laguna. Sabemos que este é um problema que se arrasta há anos, mas o prefeito Vantoil tem feito todos os esforços necessários para tentar resolver a questão na área de abrangência do nosso município”, comentou o Procurador.

A Comissão Parlamentar de Inquérito foi instalada na Alerj no último dia 11 de fevereiro, e é presidida pelo deputado estadual Dr. Serginho (PSL), que esteve em Iguaba no último dia 19 de fevereiro formalizando o apoio do município à ação. “A Laguna não é apenas nosso maior cartão postal. É, também, nossa maior esperança para reaquecermos a economia de nossa cidade, e precisa se recuperada urgentemente. Por isso pedimos para participar desta CPI, porque temos todo o interesse em ver o fim do despejo de esgoto na Laguna”, explicou o prefeito, na época.

Já o deputado Dr Serginho disse ter ficado feliz com o ingresso de Iguaba Grande no processo. “Que o município seja exemplo para as cidades vizinhas, porque o objetivo desta CPI é apontar erros no contrato de concessão da Prolagos, constatar que há um crime ambiental, verificar responsabilidades e apresentar soluções para que a gente consiga acabar com esse derramamento de esgoto na laguna de Araruama”, explicou o deputado.

Além de integrar a CPI da Alerj, o governo de Iguaba Grande também vem buscando outras formas de melhorar a qualidade da água da Laguna. Em janeiro o prefeito esteve com o secretário estadual do Ambiente, Altineu Cortes, para discutir assuntos relacionados à recuperação do corpo hídrico. A reunião foi convocada pelo Consórcio Intermunicipal Lagos São João (CILSJ), que anunciou que Iguaba Grande será beneficiada com a construção de um cinturão. O processo de licitação já está em andamento e deve ser concluído nas próximas semanas. Orçado em pouco mais de R$ 1 milhão, o projeto será totalmente executado com recursos do Fundo Estadual de Recursos Hídricos, beneficiando 100% da população iguabense. E o melhor: sem nenhum custo para o governo municipal, nem mesmo para moradores.