Dia: 13 de fevereiro de 2020

Construção da nova biblioteca municipal está em fase de acabamento

A previsão é de que o novo espaço esteja pronto até o final de março 

Em breve os moradores de Iguaba Grande poderão voltar a frequentar a Biblioteca Pública Municipal. O novo espaço físico está sendo construído pela Prefeitura na Praça da Estação, e terá 168 m² com entradas e banheiros femininos e masculinos com acessibilidade. As obras começaram em meados de outubro de 2019, após a mudança da Secretaria de Fazenda para o antigo espaço da Biblioteca, e a previsão de conclusão é até o fim de março deste ano.

De acordo com o engenheiro da Secretaria Municipal de Obras, Ezio Cabral, o local escolhido pela Prefeitura para a construção do novo prédio é de fácil acesso da população. “A Praça da Estação fica numa área central de Iguaba. É um espaço muito frequentado e bastante agradável, mas que estava abandonado nas gestões anteriores”, comentou.

Com a construção da nova biblioteca, a Praça da Estação está sendo revitalizada, transformando-se num novo point de festa e cultura na cidade. Este ano, por exemplo, o local será palco de vários shows do carnaval. A programação começa nesta sexta-feira (14), às 23h, com show do cantor Leonardinho. 

Carnaval de Iguaba terá Mangueira, Bom Gosto, Naldo Benny e Imaginasamba

Festa começa nesta sexta-feira (14) e vai até o dia 29

Oficialmente o carnaval só começa no dia 21, mas em Iguaba Grande a festa tem início nesta sexta-feira (14) e vai até o dia 29 com muita alegria, diversão e samba no pé. Na programação, grandes atrações como bateria campeã da Mangueira, grupo Bom Gosto, Naldo Benny e Imaginasamba, bailinhos infantis, carnaval da família e shows com atrações locais e regionais, além do desfile de mais de 10 blocos de arrastão. Todos os shows serão na Praça da Estação.

A primeira atração do pré-carnaval de Iguaba será o cantor Leonardinho, nesta sexta-feira (14), às 23h. No sábado (15), também às 23h, a grande e tradicional bateria da Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira, campeã do carnaval carioca em 2019, vai “roubar” a cena com muito samba. No domingo (15) tem o projeto Tardezinha, às 17h, com Grupo Sambará, e às 23 horas Jero e Banda vão sacudir a Praça da Estação.

Já o Iguafolia 2020 começa na quinta-feira (20) com grupo Bom Gosto (23h). Na sexta-feira (21) tem André Vianna e Raylane Mendes (23h); no sábado (22) Banda Rabuja (23h); no domingo tem Di Marinho (20h) seguido de show com o cantor Naldo Benny (23h). Na segunda-feira de carnaval (24) a festa fica por conta do grupo Korda Solta (23h), e na terça-feira (25) com Alvinho e Banda (23h). No dia 27 começa a “Ressaca de Carnaval”, com shows sempre às 23 horas. A abertura será com grupo Me Leva Aí, continua dia 28 com André Vianna e Raylane Mendes, e termina dia 29 com Imaginasamba.

Já os blocos de arrastão começam a ganhar as ruas de Iguaba Grande nesta sexta-feira (14) com o pré-carnaval. O primeiro a desfilar é o bloco “Livre, Leve e Loucos”, com cerca de 40 pacientes atendidos pelo Programa de Saúde Mental do município. Depois os desfiles acontecem entre os dias 22 e 25, sempre a partir das 17 horas, pelas principais ruas do Centro da cidade. 

A programação também terá bailinhos infantis na Praça Edyla Pinheiro, no Centro. O Carnaval da Família começa dia 22 (sábado), às 17h, com Baile do Circo e presença de palhaços, bailarinas, mágicos, malabaristas, maquiagem artística entre outras atrações. No domingo (23), às 18h, tem Baile Encantado com personagens de conto de fadas. Na segunda (24), também às 18h, tem Baile Tropical, e na terça (25), no mesmo horário, tem Baile de Máscara. Todos os bailes serão animados com shows ao vivo.

Bloco da Saúde Mental ganha as ruas de Iguaba nesta sexta (14)

Ao todo, cerca de 40 foliões vão dar um grito de alerta contra a exclusão

Nesta sexta-feira (14), às 9 horas, o Bloco “Livre, Leve e Loucos”, do Programa Saúde Mental, ganhará as ruas de Iguaba Grande. O desfile vai sair do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), na Rua Nossa Senhora de Fátima, nº 123, Centro, em direção à Praça Edyla Pinheiro, também no Centro. No local, os organizadores prometem uma grande brincadeira com muito confete e serpentina.

 O bloco será composto por cerca de 40 foliões, todos pacientes atendidos pelo Programa Saúde Mental, que serão acompanhados por equipe técnica. Segundo o coordenador do CAPS, João Luiz Moura, o objetivo da festa é desfazer a visão negativa que ainda existe sobre os pacientes da saúde mental, inserindo-os na sociedade. “Podemos, sim, viver perfeitamente com essas pessoas. Elas só possuem uma maneira um pouco diferente de existir, mas isso não é motivo para que sejam excluídas, afinal estão tendo acompanhamento profissional”- esclareceu João, lembrando que para o desfile, o bloco terá até uma marchinha cuja letra é um grito de alerta contra a exclusão.