Dia: 11 de fevereiro de 2020

Sistema de informatização agiliza atendimento na UPA de Iguaba

Número de pacientes atendidos aumentou em cerca de 8%

Quase dois meses após a implantação do sistema de informatização da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Iguaba Grande, a Secretaria Municipal de Saúde revela que os primeiros resultados têm sido positivos, com maior agilidade e consequente aumento no número de pacientes atendidos.

Localizada na Rua Marques Garcia, nº 143, bairro São Miguel, a informatização começou a ser implantada em 18 de dezembro de 2019 e já atende a 90% dos serviços oferecidos na unidade, faltando apenas os setores de gesso e sutura. Desde então o número de pacientes atendidos passou de 7.358/mês em outubro (mês com maior número de atendimento antes da informatização) para 7.937 em janeiro, um aumento médio de cerca de 8%.

De acordo com a diretora da UPA, Flávia Carriello, o objetivo da informatização é garantir maior segurança e agilidade no atendimento dos pacientes. “Antes era tudo no papel, o que dificultava nosso trabalho porque era tudo muito manual. Agora todo o processo se tornou mais ágil, e com isso as pessoas estão voltando a procurar a UPA. Com a informatização podemos visualizar se o paciente já foi atendido, se já fez os exames, enfim… médicos e enfermeiros têm acesso a todas as informações, o que também garante um atendimento mais seguro”- esclareceu Flávia. 

Com o novo sistema, o paciente que dá entrada na UPA de Iguaba Grande deixa o nome com o atendente, na recepção. Logo em seguida ele é convocado, através do monitor, para sala de Classificação de Risco, onde a enfermagem faz a primeira avaliação e define se o caso é ou não de atendimento prioritário, além de incluir os dados do paciente no sistema para conferência médica durante a consulta.

Prefeitura convoca para exumação dos corpos no cemitério público municipal

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

CONSIDERANDO que o Cemitério Público já está em sua capacidade máxima e é necessária a abertura de espaço para novos sepultamentos;

CONSIDERANDO o teor do memorando nº 001/CMSJT/SEMAD/2020, que certifica a ausência de gavetas vazias no Cemitério Público Municipal;

CONSIDERANDO o art. 10, inc. II da Lei nº 1.242/2017 que preconiza o prazo mínimo de 30 meses de inumação, lapso de tempo necessário à consumação do cadáver;

CONSIDERANDO os transtornos de ordem pública que podem ser ocasionados em razão da ausência de gavetas para novos sepultamentos;

A PREFEITURA MUNICIPAL DE IGUABA GRANDE CONVOCA os familiares dos falecidos sepultados no Cemitério Público Municipal São Judas Tadeu, entre o período de 01/07/2017 a 31/12/2017, a comparecerem, no prazo máximo de 30 dias, à administração para a exumação dos corpos,  obrigatória após os 30 meses do enterro.

Informamos que as exumações serão realizadas no período de Fevereiro/2020 a Dezembro/2020.

Transcorrido o prazo acima, os ossos (despojos) serão devidamente identificados e colocados em refunda e/ou possível acondicionamento em um ossuário geral/comunitário, que ficará à disposição de seus familiares pelo prazo de 24 meses após a exumação.

Atenciosamente,

José Antônio Carvalho

Secretário Municipal de Administração