O mau tempo não parou a Secretaria de Obras

A Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Obras, realizou hoje (10) pela manhã, o desassoreamento do rio em frente ao Supermercado Tinoco, localizado na Rua Dr. João Vasconcelos, Centro. O objetivo da ação é diminuir os riscos para a população, já que no período de chuvas poderia transbordar afetando ao comércio local e aos moradores da cidade. Para este trabalho, a retro escavadeira cedida pelo Estado está sendo utilizada, o que com equipe adequada resulta em uma ação rápida e eficaz, portanto ainda hoje esta ação será concluída.

O rio já estava sem os devidos cuidados há mais de 10 anos, além de muito poluído, possuía plantas crescendo em seu entorno, os comerciantes já cobravam isso há algum tempo. E no governo atual a população foi prontamente atendida. Este não foi o único rio que recebeu atenção, em menos de três meses as limpezas de rios localizados em diversos bairros da cidade vem sendo realizadas, como nos bairros: Canellas City, Cidade Nova, Ubás, São Miguel e outros.

O Secretário de Obras, Paulo Rito, enfatizou que, “a população pode colaborar principalmente não jogando lixo, porque lixo é na lixeira, não dentro do rio. A nossa equipe ontem esteve aqui e recolheu vários copos de guaravita, sacolas plásticas, embalagens de isopor, garrafas pet e isso atrapalha muito. Portanto, peço que a população faça sua parte também.”

#UmNovoJeitoDeGovernar

Audiência Pública aconteceu hoje para revisão do Plano Diretor

Na manhã desta quinta-feira (10), a Prefeitura Municipal, através do Gabinete do Prefeito, realizou hoje uma Audiência Pública para a revisão do Plano Diretor, com o tema Meio ambiente. A reunião ocorreu no auditório da Secretária de Educação, tendo início as 10 horas da manhã.

O Plano Diretor é a visão de como a cidade está e como pretende ser, ele orienta a expansão urbana do município, e por isso é fundamental a participação de toda a população.

Depois do estatuto da cidade o plano se tornou a ferramenta primária do planejamento municipal, zoneamento urbano, o plano de mobilidade urbana, a planta de valores, todas as demais leis dependem da constante revisão e aprovação do plano diretor.

Segundo o Consultor Desenvolvimento Econômico e Urbano, Jorgino Fabiano Pereira “o plano com vigência de até 10 anos, é revisado a cada 5 anos. Este que está em vigor é do ano de 2008 e já devia ter sido revisado 5 depois da data de aplicação, o que não ocorreu e estamos fazendo isso agora”.

Estavam presentes na ocasião o Secretário de Meio Ambiente, Marco Antônio Motta, Secretário de Governo, Jales Lins, moradores de vários bairros da cidade e equipe técnica.


#UmNovoJeitoDeGovernar