Dia: 4 de abril de 2019

Iguabenses recebem serviço de Hidroterapia no Centro Geriátrico

Idosos acima de 60 anos e com requisição médica podem se inscrever na Unidade

Os pacientes do Centro de Reabilitação e Geriátrico participaram da aula inaugural de Hidroterapia na manhã desta quinta-feira (04). As inscrições estão abertas e os interessados podem se matricular na Unidade levando encaminhamento do médico ou do fisioterapeuta e o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). A atividade é direcionada a pessoas com mais de 60 anos que vão participar das aulas todas as terças e quintas, na parte da manhã. O Centro Geriátrico funciona de segunda a sexta, de 8h a 17h, na Rua Inglaterra, s/nº – Canellas City.

Para Leônidas Heringer, Secretário de Saúde, essa atividade vai ter impacto direto na saúde do idoso. “Nós trabalhamos para que o local estivesse apropriado para fazer a atividade de hidroterapia”, disse o Secretário.

A Hidroterapia ajuda na reabilitação de pessoas com problemas respiratórios, musculares e neurológicos. “Os moradores estavam pedindo muito por isso. Esse serviço vai resultar em muitos benefícios à saúde dos nossos idosos”, ressaltou a Subsecretária de Saúde, Silvana Grimauth.

As turmas serão formadas por quatro, cinco ou seis alunos, onde será feita uma triagem em que os grupos serão divididos de acordo com a patologia e faixa etária. A fisioterapeuta responsável pela atividade, Adrieni Goes, falou das propriedades para quem realiza o exercício. “A hidroterapia promove o ganho de resistência, ajuda na parte de drenagem e auxilia no fortalecimento”, acrescentou a fisioterapeuta.

Jaynete Uchôa Pinto é moradora de Iguaba Pequena e utiliza os serviços do Centro Geriátrico desde a inauguração do espaço.“Eu vi o Centro Geriátrico nascer e hoje é um grande dia para nós, pois estávamos esperando pela hidroterapia. Essa atividade é muito importante para mim, porque eu já faço hidroginástica da Academia Popular na nossa Lagoa”, declarou Jaynete.

O Coordenador do Centro Geriátrico, Daniel Flávio, falou da alegria pelo início do serviço. “O trabalho da hidroterapia é muito importante porque é uma atividade que atua de forma preventiva contra doenças e contribui para que o idoso tenha um envelhecimento saudável. Nós buscamos trabalhar com o máximo de humanização e saúde, com isso, o Centro Geriátrico se torna, também, um local de convívio social. A equipe é muito boa, A satisfação que temos é o sorriso no rosto de cada idoso e os resultados na saúde deles”, declarou Daniel Flávio.

 

 

Texto: Lívia Lisle

Fotos: José Carlos Rodrigues

 

Iguaba Grande realiza a 6ª Conferência Municipal de Saúde

Durante o evento acontecerá a eleição do novo Conselho Municipal de Saúde

 

A 6ª Conferência Municipal de Saúde acontece nesta sexta e sábado (05 e 06), na Escola Municipal Therezinha Pedrosa – Anexo II (antigo Colégio Cenecista), e é aberta ao público. O evento tem como tema central “Democracia e Saúde: Saúde como Direito, Consolidação dos Princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) e Financiamento Adequado e Suficiente para o SUS”. Durante o encontro também acontecerá a eleição para o novo Conselho Municipal de Saúde.

 

A programação começa na sexta-feira(05), às 18h com a Cerimônia de Abertura e palestra sobre a Saúde como Direito. Já no sábado, a programação inicia às 08h e conta com palestras, Grupos de Trabalho e a Plenária de Aprovação das Diretrizes e Propostas para as Programações anuais de saúde de 2020 e 2021 e para o Plano Municipal de Saúde do Quadriênio 2022 e 2025. Além disso, será realizada a Eleição do colegiado do Conselho Municipal de Saúde e escolha dos delegados do município para a Conferência Estadual de Saúde.

 

Texto: Júlya Costa

Arte: Divulgação

MPF Praia Limpa realiza ação voluntária de limpeza da lagoa em Iguaba Grande

Percurso acontecerá em todos os pontos da laguna do município

 

Em mais uma ação em favor da Lagoa de Araruama acontecerá no município o “Iguaba Grande de Ponta a Ponta”, neste sábado (6), com ação voluntária e educativa de limpeza da Laguna na Ponta da Farinha, Praia dos Ubás, Cidade Nova, Centro, Popeye e Andorinhas. O projeto é uma realização do Ministério Público Federal, o MPF Praia Limpa, com a ONG “Mar Sem Lixo” e apoio da Prefeitura de Iguaba Grande.

 

Na ação será distribuído kit com luvas, sacolas e lanche para os voluntários. Além, de palestra ministrada pelos organizadores da ONG “Mar Sem Lixo”, Roberto Ramos e Gisele Letieri, atualizando os participantes de números preocupantes sobre lixo no mar e ações de conscientização para a preservação de ecossistemas.

 

Segundo Roberto Ramos, existe um estudo do Fórum Econômico Mundial de Davos que em 2050 existirá mais plástico do que peixes nos oceanos. “Nosso objetivo é de chamar a atenção sobre o que vem acontecendo nos oceanos. Hoje, todas as tartarugas marinhas estão com plástico no organismo, e isso é uma informação alarmante. Todo final de semana nós realizamos uma ação como esta, porque sabemos que quanto mais pessoas envolvidas haverá mais pessoas conscientizadas”, declarou o fundador da ONG “Mar Sem Lixo”.

 

Texto: Lívia Lisle

Arte: Divulgação