AGENERSA implanta ouvidoria em benefício do cidadão

Usuários das Concessionárias Águas de Juturnaíba e Prolagos recebem mais um canal de atendimento

 

Agora, além da Prefeitura Municipal de Iguaba Grande, o cidadão receberá o apoio da AGENERSA (Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro), que pensando no melhor atendimento a população, levando em conta o elevado número de reclamações de usuários das Concessionárias Águas de Juturnaíba e PROLAGOS (Concessionária de Serviços Públicos de Água e Esgoto). O Conselho Diretor da AGENERSA, em uma reunião interna decidiu que a partir de 30 de novembro de 2018, essas Delegatárias apresentem, até o 5º dia útil do mês subseqüente, uma planilha contendo as reclamações realizadas, por usuários, junto ao SAC, das respectivas Concessionárias.

 

Mas, aos que tiverem interesse, podem utilizar a ouvidoria da AGENERSA, que já recebe as reclamações e solicitações da população, no que diz respeito a Prolagos e Águas de Juturnaíba. As solicitações podem ser direcionadas à população através do 0800.024.9040 ou do e-mail ouvidoria@agenersa.rj.gov.br.

 

 

Texto: Andrea Morais

Imagem Divulgação

Educação de Iguaba Grande Recebe Três Ônibus Escolares

Os transportes começam a atender os alunos em 2019

 

A Secretaria de Educação adquiriu três novos ônibus escolares através de recursos do salário educação. O transporte possui acessibilidade e capacidade de 59 lugares e irá começar a atender os alunos no início do ano letivo de 2019.

 

A Prefeita Grasiella Magalhães afirma que os alunos poderão ser transportados com mais conforto e segurança, e destaca a importância dessa aquisição. “Poderíamos entregar brinquedos, fazer festas natalinas, mas acredito que o melhor presente é aquilo que é realmente importante para os alunos e para a cidade”, afirmou a prefeita.

O secretário de Educação Fred de Carvalho relembra as conquistas durante esse ano e afirma realizar ainda mais pela educação no próximo ano. “O ano de 2018 foi especial para a educação de Iguaba Grande, ficamos em 6º lugar em eficiência de gestão, conseguimos o 7.2 do IDEB da Escola Municipal Therezinha Pedrosa e para fechar o ano da melhor maneira, recebemos essa grande conquista, que são os ônibus”, destacou o secretário.

 

Texto: Júlya Costa

Foto: José Carlos Rodrigues

Operação Aquarela da Guarda Civil de Iguaba Grande sinaliza ruas da cidade

Mudança da faixa de pedestre da Rua Paulino Pinto Pinheiro garante mais segurança ao munícipe

A Guarda Civil de Iguaba Grande e a Diretoria de Trânsito e Transportes realizaram na noite de ontem (13) a operação “Aquarela”, que teve início às 21h e término às 07h de hoje, com a pintura da faixa de pedestre em frente ao Colégio Estadual Francisco de Paula Paranhos e no Popeye. Participou da ação o Subsecretário de Segurança e Ordem Pública Pablo Veras; o Coordenador da Guarda Civil Marcell de Andrade; o Coordenador de Transportes Sandro Duarte e os guardas civis Carlos Wagner e Antônio Gomes.

 

O serviço tem o objetivo de sinalizar as vias da cidade para oferecer mais segurança aos munícipes e marcou o pontapé inicial das mudanças no trânsito que serão executadas na região central da cidade.

No trecho da Loteria do Centro foi implantada uma faixa de pedestres, visando atender a necessidade da população que relata dificuldade de travessia no trecho. Outra ação foi a modificação das vagas de estacionamento do lado direito do mesmo trecho, de 90° para 45°. Com essa mudança foi possível abrir mais duas vagas para estacionamento. Além disso, foi feita a demarcação de algumas canalizações no início da via, visando evitar estacionamentos irregulares e a vaga de Carga e Descarga sendo colocada mais próxima da faixa de pedestre para ajudar no desembarque dos materiais.

O Subsecretário de Segurança e Ordem Pública fala sobre a importância desta ação. “É comum que, com o passar do tempo, as demarcações viárias se desgastem e isso prejudica a visibilidade da sinalização. Em nossas análises percebemos que muitos condutores cometem algumas infrações de trânsito devido a desatenção e a falta de uma sinalização mais chamativa, contribuindo para isso também. Pensando nisso elaboramos a operação “Aquarela” a fim de ajudar os usuários das vias trafegarem com segurança e sem correr o risco de serem autuados”, declarou Pablo Veras.

Texto: Lívia Lisle

Fotos: Divulgação