Dia: 4 de dezembro de 2018

Abertura do Natal em Iguaba Grande

Programação conta com apresentações de Coral e de Dança

 

  Nesta quarta-feira, dia 05, o Natal de Iguaba Grande terá início com a Inauguração da Árvore, na Praça Nossa Senhora da Conceição, a partir das 19h. A programação conta com Apresentação do Coral do Centro de Referência ao Idoso (CRI), Coral da Associação de Moradores e Amigos de Iguaba Pequena (AMAIP) e uma apresentação de Dança da Academia Lina Barcelos.

Cada Natal tem sido uma experiência nova para os munícipes que embarcam no clima natalino e aproveitam para enfeitar as casas com belas decorações da data, como o Sr. Roberto Lopes, que enfeita sua casa todos os anos: “É muito bom ver as pessoas passando por aqui, entrando nesse espírito natalino. Ver o sorriso no rosto das crianças e a satisfação dos pais não tem preço, e aqui perto tem uma creche, na qual  as próprias crianças intitularam como a casa do papai Noel” afirmou.

 

O Natal de Iguaba Grande promete encantar os munícipes. Além da Árvore de Natal, a Secretaria de Turismo está planejando uma ornamentação na Praça Edyla Pinheiro, e apresentações natalinas, próximo à data do natal.

 

Texto: Livia Lisle e Júlya Costa

Fotos:Andréa Morais e Divulgação

Iguaba Grande habilita primeira Família Acolhedora

Ainda há vagas para as famílias que se interessarem

 

Iguaba Grande certificou a primeira Família Acolhedora do município. O casal Edna e Orlando dos Santos iniciaram o processo no mês de abril e desde então, passaram por algumas fases de preparação e adaptação. Nessa semana, eles concluíram todas as etapas para serem habilitados a receber a primeira criança.

 

O casal mora em Iguaba e tem duas filhas, a Andressa de 16 anos e Vanessa de 20. O Orlando afirma que quer fazer pelo próximo, aquilo que ele teve a oportunidade de fazer por suas filhas. “É gratificante saber que cumprimos nossa missão como pais e educadores. Quando os filhos chegam à universidade, eles começam a andar com os próprios pés. Agora, esta criança,que está para chegar será o chamego da nossa família”, destacou Orlando.

O coordenador do Programa, Pablo Landes, afirma que, agora, a equipe irá acompanhar a criança, a família acolhedora e a família de origem e após o período necessário, será realizada uma avaliação para saber se a criança volta para a família, ou se será direcionada para adoção. “Para nós, da equipe técnica, é uma realização muito grande, pois vimos todo o trajeto trilhado até aqui, e esse momento é a coroação de uma etapa de trabalho”, afirmou o coordenador.

 

Existem algumas famílias cadastradas e que estão no processo, mas ainda há vagas que precisam ser preenchidas. O Secretário de Ação Social, Leônidas Heringer, afirma que para ser uma família acolhedora, é necessário ter amor acima de qualquer coisa. “Essa família demonstrou um gesto de muito amor pelo próximo e a gente observa que o trabalho feito pela equipe técnica foi de selecionar uma família, que tem um perfil ideal para acolher essas crianças. Eles são uma família, verdadeiramente, acolhedora”, concluiu.

 

Texto: Júlya Costa

Fotos: Daniel Júnior

Iguaba Grande recebe Unidade Móvel para castração de animais

Ação aconteceu em parceria com a Prefeitura, a OSCIP Paraíso dos Focinhos e o Grupo Iguaba pelos Animais

A Prefeita Grasiella Magalhães, atendendo a solicitação do grupo de voluntários do IPA – Iguaba pelos Animais, que cuidam dos animais do município, trouxe neste final de semana (01 e 02) a Unidade Móvel de Atendimento Veterinário da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público – OSCIP Paraíso dos Focinhos, para realizar a castração gratuita nos bairros de Vila Nova, Arrastão, Igarapiapunha e União.

A ação foi realizada em parceria com a OSCIP Paraíso dos Focinhos, que funciona há seis anos, realizando ações em benefício dos animais. Segundo a presidente da organização, Hanriett Soares, a mobilização aconteceu a partir de um encontro que teve com a Prefeita Grasiella Magalhães, em Brasília. “Numa conversa ela falou da necessidade que a cidade tinha de receber a Unidade Móvel, juntamente com o apoio do cuidado com os animais. Foi aí que mobilizamos a ação experimental. Para Iguaba, a ideia é que a gente continue esse projeto. O próximo passo é conversar com as protetoras e organizarmos a castração de animais de rua”, disse a presidente da OSCIP, que já passou por várias cidades do Estado do Rio de Janeiro.

A Unidade Móvel do Projeto, que tem sede em Guaratiba (RJ), contém dois centros cirúrgicos, uma sala de tricotomia, onde é realizada a preparação do animal, em ambiente climatizado; a equipe conta com três veterinários, quatro voluntários, um motorista e um funcionário de apoio.

Toda a mobilização teve a coordenação da Francisca Schuchnann, do IPA: “O objetivo principal desta ação é a pessoa que não tem condições de pagar a cirurgia, e poder realizar esse procedimento no seu cão e gato”, declarou a presidente do Grupo, que é composto por seis mulheres moradoras de Iguaba Grande e atua há três anos na causa. Além disso, o IPA realiza um bazar beneficente de roupas na Agropecuária Bezerro de Ouro, na Travessa Erlon Chaves, no bairro Estação, que fica aberto de segunda a sexta, onde todo o dinheiro é revertido para o cuidado com os animais. Às quartas e sábados o bazar funciona, também, em frente a loja Marina Clara, no Centro.

Maria de Fátima Ribeiro é moradora do bairro Vila Nova e foi uma das munícipes que levou o animal para castração. “Agradeço à equipe pelo trabalho maravilhoso que ajuda não só aos animais, mas, também, as pessoas, porque era uma ação que precisávamos muito. Eu já queria castrar minha cachorra, mas eu não tinha condições”, disse a dona da Princesa, uma cadela de três anos.

 

Texto: Lívia Lisle

Fotos: Lívia Lisle e José Carlos Rodrigues