Dia: 26 de outubro de 2018

Iguaba Grande realiza Desfile das Musas dos Jogos Escolares

Premiação foi feita pela Prefeita Grasiella Magalhães

Ontem, 25 de outubro, aconteceu o desfile das Musas dos Jogos Escolares, e neste ano cada escola participante teve sua representante. Foram 13 musas que esbanjaram charme e simpatia na passarela montada no Ginásio Poliesportivo Oswaldo Antunes Neves.

No final do desfile as musas receberam suas faixas pela Prefeita Grasiella Magalhães: “Foi muito bacana os desfiles das musas. Quero agradecer a todas as escolas que participaram, os diretores, a equipe que se empenhou, tanto do esporte, quanto da educação. Agradeço às famílias que apoiam os nossos profissionais. Tenho certeza que vamos ter um futuro melhor do que o que a gente vive”, disse a Prefeita.

Projeto Soevami realiza 1º Encontro de Prevenção de Pé Diabético com apoio da Prefeitura

Evento contará com palestras e presença de doutores da área

O projeto social Soevami realizará o 1º Encontro de Prevenção e Tratamento de Pé Diabético, no dia 10 de novembro, de 9h às 17h, na sede do projeto que fica localizado na Rua Vizeu, Lt. 2, Qd. 2, bairro Cidade Nova.

O evento, que conta com o poio da Prefeitura de Iguaba Grande, terá dois momentos para mesa redonda com participação de representantes da UERJ, UFRJ, UNIRIO, Universidade Veiga de Almeida, entre outras. Além disso, estarão presentes a Dr.ª Valda Targine, Especialista em Tratamento de Feridas e Coordenadora do Projeto Soevami; a Conferencista Dr.ª Liane Ghelman, Mestra em Enfermagem na UFRJ e a palestrante Dr.ª Mara Blanck, Presidente da Sobenfe e Enfermeira Mestra.

Mais informações pelos telefones (22) 99247-3993, (22) 2634-3075, (22) 98146-8947 ou pelo email projetosoevami@hotmail.com.

Prefeita Grasiella Magalhães firma projeto Defesinha para 2019

A atividade atenderá 100 crianças do município

Na manhã desta sexta-feira, dia 26, a Prefeita Grasiella Magalhães recebeu Marcus Dothavio, para fechar o apoio ao projeto Defesinha 2019 em Iguaba Grande, que neste ano acontecerá de 8 a 31 de janeiro, e atenderá a 100 crianças de 4 a 14 anos. As inscrições serão feitas no prédio da Defesa Civil, a partir da 1ª quinzena de dezembro.

O projeto segue na sua 11ª edição e desde 2008 já atendeu mais de dois mil jovens. O foco do Defesinha é de proporcionar às crianças do município interação, atividade de cidadania, sempre com um olhar voltado à preservação do meio ambiente. Os grupos serão divididos em três conjuntos por idade: o defesinha, os defensores e os protetores. Além disso, cada grupo contará com um instrutor, seis monitores e, também, com uniformes fornecidos pelo projeto.

O Defesinha sempre atua reduzindo barreiras sociais, estimulando a consciência coletiva e, neste ano, o projeto também terá atendimento especializado promovendo a inclusão social de alunos especiais da Rede Municipal.

As atividades acontecerão das 7h30 às 12h30. Para participar do projeto, os interessados deverão comparecer na Defesa Civil, que fica localizada na Rodovia Amaral Peixoto, 2275, Centro, e estarem munidos de atestado médico, comprovante de residência, foto 3×4 e identidade do menor.

Ciranda Literária é realizada pelo CRAS Vila Nova

Crianças exibiram a Árvore dos Sonhos na Praça do bairro

O Centro de Referência de Assistência Social do bairro Vila Nova, Apolo Belisário, também realizou o I Projeto de Convivência Ciranda Literária, nesta semana. As crianças apresentaram os trabalhos, peças teatrais e reproduziram a Árvore dos Sonhos na Praça do bairro.

Foi um dia de muitas atividades e apresentações culturais no CRAS Apolo Belisário, abordando a temática de sustentabilidade, aproveitando a área verde que o bairro dispõe. Todo o conteúdo foi montado pelas orientadoras sociais direcionando o projeto para cada faixa etária. Além disso, os dois Centros receberam doação de livros da Fundação Itaú. O rico acervo é utilizado pelos profissionais promovendo o contato da criança com o livro.

Ao longo do projeto foram realizados saraus, exposições que motivaram os assistidos mirins à interação com os livros. “Nós da equipe do CRAS Vila Nova, ficamos muito felizes ao ver o reflexo do nosso trabalho nas crianças. Quando uma família chega pra ver o trabalho do seu filho é mais um sinal positivo do nosso trabalho, amor, carinho e dedicação a essas crianças”, disse a Coordenadora do CRAS, Karina Miranda.

As assistentes sociais reproduziram com as crianças a árvores dos sonhos, em que eles escreveram seus maiores desejos num papel e colocaram na árvore da praça, que se tornou o símbolo do bairro. Para a Orientadora Social, Giselle Rodrigues, a ideia do projeto é de deixar um legado dentro do Serviço de Convivência.  “Montei esse projeto que foi realizado em vários lugares do Rio de Janeiro e trouxe para Iguaba. É muita honra realizar um trabalho de tanta grandeza com as nossas crianças”, declarou a Orientadora.

 

 

 

 

Texto e foto: Lívia Lisle