Dia: 16 de julho de 2018

Iguapira está de volta

Tradicional Arraiá de Iguaba Grande contará com shows de forró e música sertaneja

Iguaba Grande se prepara para o Iguapira 2018 que acontecerá de 26 a 29 de julho, a partir das 18h, na Praça Edyla Pinheiro, no centro da cidade. Na programação da festa, shows todos os dias e diversas apresentações artísticas além de barracas com comidas típicas juninas e brincadeiras para toda a família.

No dia 26, quinta, a festa começa com a apresentação do Centro de Referência do Idoso (CRI) e a partir das 22h, show com Lucas Silva tocando o melhor do Sertanejo Universitário.

Na sexta, dia 27, o Espaço Bruna Marinho abre as apresentações, seguido pela quadrilha da Academia Popular. O Trio Amargô encerra a noite com chave de ouro e muito forró.

No sábado, dia 28, acontecerão apresentações da Academia de Dança Jaime Arouxa, da quadrilha da COMIG e também da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Iguaba Grande (APAE). A noite será coroada com o show do Trio Massambaba, que promete colocar todos para arrastarem o pé.

A programação encerra no domingo com quadrilha maluca, gincanas e brincadeiras. Às 22h o cantor Gui Brandão sobe ao palco prometendo trazer o melhor do sertanejo universitário. De quinta a domingo a praça vai estar repleta de barraquinhas oferecendo o melhor da comida típica junina. A Praça Edyla Pinheiro fica na Rua Manoel Fernandes Batista, no centro da cidade.

Texto: Julya Costa e Karla Kamila Vidal

Arte: Djálvaro Vital

Atos de vandalismo destroem bens públicos em Iguaba Grande

Prefeitura pede ajuda da população na conservação de bancos, lixeiras e pontos de ônibus

Nos últimos dias, foram registrados diversos atos de vandalismo em praças e na orla, ações que tiram a beleza de Iguaba Grande. Bancos e lixeiras foram quebrados, pichações em muros, quebrados vidros dos pontos de ônibus, são muitos os prejuízos. A Prefeitura já fez a manutenção da iluminação pública de todas as praças da cidade e conta com a ajuda da população na preservação e conservação do bem público.

A depredação ao patrimônio público é crime. De acordo com a definição da lei, o que caracteriza o patrimônio público é o fato de pertencer ele a um ente público – a União, um Estado, um Município. Segundo o Código Penal Brasileiro, a ação inconsequente de destruir o patrimônio pertencente aos entes da administração pública pode levar a detenção ou multa.

Os locais depredados estão recebendo os devidos reparos por meio das Secretarias de Meio Ambiente e Obras e Urbanismo.

Texto: Lívia Lisle

Fotos: Secretaria de Meio Ambiente